Tecnologia

Uber começa a operar na capital Pernambucana

Agora é para valer. Depois de meses flertando com a possibilidade de iniciar operações no Recife, o aplicativo Uber – que já vinha dando vários sinais de interesse na capital pernambucana – finalmente oficializou a chegada do serviço à cidade. A informação é da própria equipe de comunicação do famoso app e foi divulgada na  quinta-feira (03). Por enquanto, funcionará no Recife a modalidade UberX, que é um Uber “mais econômico”, digamos assim.

COMO BAIXAR O UBER

O aplicativo do Uber é gratuito. Ou seja, você não vai pagar nada para fazer download dele no seu smartphone. Paga apenas pelas corridas, é claro.

Clique aqui para baixar o Uber para iOS.

Clique aqui para baixar o Uber para Android.

Clique aqui para baixar o Uber para Windows Phone.

COMO O UBER FUNCIONA?

O Uber é relativamente parecido com aplicativos como o Easy Taxi e o 99Taxis. Primeiro você precisa baixar o app no seu smartphone e efetuar um cadastro para inserir seus dados pessoais e informações de pagamento.

Através do GPS e sinal Wi-Fi, o aplicativo já vai tentar descobrir a sua localização. Há a opção de procurar o endereço no mapa ou digitar manualmente o ponto de partida. Depois é só escolher a modalidade do serviço na lista – aqui no Recife só tem o UberX disponível, por enquanto. A tela irá exibir as tarifas correspondentes ao serviço selecionado.

O usuário também pode informar previamente para onde ele deseja ir e receber uma estimativa do valor. As tarifas do Uber são um pouco diferentes do que estamos acostumados a ver com os táxis. Em geral, é feita uma cobrança baseada em tempo, distância e tipo de veículo contratado.

No Recife, o preço base do UberX será de R$ 2,50, com adicionais de R$ 0,17 por minuto, R$ 1,15 para cada quilômetro rodado e valor mínimo de R$ 6. Em São Paulo, para efeito de comparação, o preço base do UberX é R$ 2, com adicionais de R$ 0,26 por minuto e R$ 1,40 para cada quilômetro rodado. O valor mínimo cobrado é R$ 7.

Há, ainda o preço dinâmico, que pode ser ativado quando a demanda pelo serviço cresce repentinamente – a exemplo de carnaval e Réveillon. Nessas situações, prepare o bolso porque a tarifa aumenta.

Fonte: bit.blog

Deixe um comentário

X