Belo Jardim

Preso suspeito de estupros pode ter feito 8 mulheres vítimas em Belo Jardim e São Bento do Una

Foto: Divulgação

Um homem suspeito de cometer seis estupros consumados seguidos de roubo e dois estupros tentados seguidos de roubo no Agreste de Pernambuco era foragido do Centro de Ressocialização do Agreste (CRA), em Canhotinho. Cosme José Farias da Silva, 29 anos, foi preso na última sexta-feira (20) no bairro Santo Antônio, em Belo Jardim, por meio de um mandado de prisão temporária. Ele foi levado para o Presídio Desembargador Augusto Duque, em Pesqueira.

Os detalhes da prisão foram divulgados nesta segunda-feira (23), em uma coletiva de imprensa da Polícia Civil. De acordo com a delegada seccional de Belo Jardim, Luciana Almeida, as investigações começaram há cerca de três meses, após várias vítimas registrarem queixa de estupro seguido de roubo, com o mesmo modus operandi. A delegada desconfiou que tratava-se do mesmo suspeito e solicitou que fossem confeccionados retratos falados pelo Instituto Tavares Buril (ITB).

Após a confirmação de que as imagens tinham as mesmas características e que o autor dos crimes seria a mesma pessoa, uma força-tarefa foi montada para identificar e capturar o suspeito, liderada pelo delegado Rômulo Holanda, titular da Delegacia de São Bento do Una.

Delegados Rômulo Holanda (São Bento do Una), Nehemias Falcão (Dinter 1) e Luciana Almeida (Belo Jardim)   Foto: Reprodução/Rádio Jornal Caruaru

Os crimes teriam sido praticados em Belo Jardim e São Bento do Una. Também existe a suspeita de que ele tenha cometido estupros em Caruaru, já que o suspeito passou um período morando na cidade. Algumas das vítimas já reconheceram o suspeito, confirmando os estupros. A imagem dele foi divulgada pela polícia para que outras pessoas formalizem a denúncia na delegacia.

“O que mais chama a atenção da gente é a perversidade dele, porque [entre as vítimas] tem senhoras de idade, e as vítimas demonstravam bastante terror ao narrar o fato”, relata a delegada Luciana Almeida.

Arrombamentos e furtos

Além dos estupros, o homem é suspeito de praticar aproximadamente 30 furtos qualificados, por arrombamento de casas e estabelecimentos comerciais. Segundo a polícia, ele roubava objetos de fácil comercialização, como celulares, notebooks, videogames, joias, entre outros. Alguns dos objetos foram recuperados na Feira do Troca, em Caruaru.

O homem era presidiário de Canhotinho, de onde fugiu em 2013. Após passar quatro anos foragido, o suspeito foi recapturado em Caruaru. Depois de passar dois meses na unidade prisional, foi liberado durante um fim de semana e não retornou para o presídio.

Fonte :

Ne10

Deixe um comentário

X