Política

Pela terceira vez Dr. Leandro Martins entra com exigência de impeachment do prefeito de Belo Jardim

Foto: divulgação

Pela terceira vez somente este ano (2015) o advogado Leandro Martins da Silva faz pedido de abertura de processo de impeachment contra o prefeito de Belo Jardim, João Mendonça.

Confira na integra o documento que foi assinado pelo advogado, e as fotos da entrega do pedido, feita na câmara de vereadores, nesta quinta-feira (17/12).

TERCEIRA EXIGÊNCIA DE IMPEACHMENT DO PREFEITO JOÃO JATOBÁ

MOTIVO DE ORDEM PÚBLICA:

1.      Desviou comprovadamente nesse mandato quase TRÊS MILHÕES DE REAIS do dinheiro suado do povo de Belo Jardim para uma empresa laranja, ou seja, de fachada chamada LOCASERV. 

2.      Desviou comprovadamente o dinheiro do suor da nação brasileira do FUNDEB que deveria ser gasto com os professores guerreiros da rede municipal de ensino. Tais valores foram parar no bolso de alguns secretários municipais, sendo o Prefeito conivente, já que nada fez para punir seus subordinados.

3.      Enriquecimento ilícito do Prefeito e de seus secretários municipais;

4.      Não fiscalizou as autorizações da APAC para a retirada de água que resultou no colapso da barragem do Ipojuca e esvaziamento rápido da Barragem de Tabocas.

5.      Não repasse de verbas para tratamento de crianças dependentes de drogas e em conflito com a lei, o que tem gerado uma violência desenfreada no Município, já que são essas crianças e adolescentes aliciadas pelos adultos para traficar drogas, praticar furtos e assaltos, mantendo a população refém, segregadas em suas casas, com medo de se expor nas ruas de Belo Jardim que está submetida ao desgoverno do Prefeito denunciado.

6.      Impede o funcionamento regular da Câmara Municipal tendo em vista a manipulação de alguns vereadores que recebem vantagens indevidas para blindá-lo contra o recebimento de seu Impeachment.

7.      Contra a lei, contratou dezenas de advogados e contadores sem promover o devido Concurso Público.

8.      Culpado pela explosão da caldeira que destruiu parcialmente o Prédio do Matadouro Público, em razão de sua negligência em manter o funcionamento mesmo sabendo que havia vários laudos, apontando irregularidades.

9.      Colocou Valdemir Cintra na Secretaria de Meio Ambiente, sem que o sujeito soubesse sequer o que é um pé de jabuticaba, havendo nas contas que sua secretaria apresentou, gasto com a atividade fim em media de R$ 10.000,00, enquanto que com despesa de pessoal foi gasto em média de R$ 300.000,00. O que nos apresenta indícios de desvio de dinheiro público e enriquecimento ilícito de Valdemir Cintra.

10.  Não contabilização integral das Taxas arrecadadas pela Secretaria de Agricultura, havendo indícios de desvio de mais de R$ 493.600,00.

11.  Responsável pela interdição do Hospital Julio Alves de Lira que perdura até hoje mesmo a cidade estando em situação emergencial decretada.

12.  Negligência na manutenção do Prédio da Central de Abastecimento que está desabando sobre as pessoas, caracterizando o risco coletivo permanente.

13.  Utilização de equipamentos obsoletos de reanimação que, em regra, os médicos não têm treinamento para utilizar na entubação de pacientes na Policlínica Professor Ulisses, demonstrando completo desprezo com a vida e a saúde dos munícipes.

14.  Indícios de desvio de merenda escolar das criancinhas para doação de cestas básicas;

15.  Indícios de desvio da verba no importe de mais de R$ 548.000,00 que deveria ser destinada para construção do Parque Ambiental Ariano Suassuna, cujo prazo de conclusão da Obra se espirou sem que a Obra fosse entregue a população. Praticamente quase nada foi feito no canteiro de obras.

16.  Não conclusão das creches sem justificativa plausível.

17.  Por causa de sua má-administração não nasce mais belojardinenses, repercutindo na diminuição do FPM.

18.  Zomba do povo, dizendo em vários meios de comunicação que está providenciando um necrotério humanizado e solidário para acolher nossa gente. Um prefeito que não tem cuidado com a saúde e a vida das pessoas, vai ter com o corpo sem vida?

19.  Sem falar a vida pregressa suja do Prefeito que desviou quase TRÊS MILHÕES DE REAIS em mandato anterior e é réu confesso.

Att,

 Leandro Martins da Silva

Cidadão.

 

Deixe um comentário

X