Mundo Tecnologia

Nos EUA, porte de Galaxy Note 7 em aviões pode dar 10 anos de cadeia

Não é só a Samsung que está tendo problemas com o Galaxy Note 7, que foi cancelado devido à possibilidade de explosão. Nos Estados Unidos, justamente por causa desse risco, quem portar o aparelho durante uma viagem de avião agora pode ser preso.

Na última sexta-feira, 14, a FAA, agência de aviação do país, emitiu uma ordem emergencial que bane o smartphone oficialmente do espaço aéreo estadunidense.

O texto, repercutido por The Verge, restringe passageiros de portar o Note 7 “em pessoa, na bagagem de mão, na bagagem despachada ou como carga” e avisa que quem o fizer inadvertidamente deve desligá-lo imediatamente. As companhias aéreas estão obrigadas a barrar qualquer um que tentar embarcar com o smartphone.

Os passageiros que desrespeitarem a norma estão sujeitos a penalidades que chegam a US$ 179,93 por violação e por quantidade de dias em desacordo com a Lei. Além disso, essas pessoas podem ser processadas, o que poderia gerar mais multas ou o encarceramento por até 10 anos.

Deixe um comentário

X