Região

Mulher processa padaria após engolir prego comendo pizza

Uma mulher de 53 anos abriu um processo contra uma padaria de Olinda, no Grande Recife, sob a alegação de ter ingerido um prego ao comer uma pizza comprada no estabelecimento. O caso ocorreu no último dia 25 de fevereiro e a dona de casa Neide da Silva Barros continua com o objeto no intestino.

A mulher conta que sentiu uma certa dificuldade para engolir a massa, mas só teve noção do problema quando precisou ser socorrida com fortes dores no estômago.“Eu senti arranhar na minha garganta, só que achei que fosse o pedaço da pizza, por ela ser um pouco mais grossa. Então, quando foi no outro dia, comecei a passar mal”, contou. Um exame de raio-X mostrou o prego alojado no intestino da dona de casa.

Desde então, ela busca fazer uma cirurgia para a remoção do objeto, mas não consegue. A dona de casa já procurou uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e o Hospital Tricentenário, ambos em Olinda, o Hospital Miguel Arraes, em Paulista, e o Hospital da Restauração, na área central do Recife. Em todos os centros de saúde a resposta foi a mesma: O objeto será expelido naturalmente. Enquanto isso, a mulher sofre com fortes dores. “Eu estou fazendo um pedido aos médicos que se sensibilizem com o meu problema, porque eu tenho um filho especial que precisa de mim. Se for para me abrir depois e dar o atestado de óbito para o meu marido e a minha família, eu não quero mais. Pois diz que eu vou expelir o prego e ele não sai”, conta aflita, a dona de casa. Em resposta, o Hospital da Restauração informou que o caso será analisado.

Sobre o processo, os proprietários da padaria não quiseram dar entrevista, mas negaram que tenha vendido o produto com um prego. A primeira audiência do caso foi marcada para outubro.

Fonte: tvjornal

Deixe um comentário

X