Região

Mulher é detida dentro de fórum após atuar como falsa advogada, diz polícia

Uma mulher de 26 anos foi detida nesta quinta-feira (1º) suspeita de atuar irregularmente como advogada dentro do Fórum de Justiça de Bezerros, no Agreste de Pernambuco. De acordo com o delegado Humberto Pimentel, a jovem é formada em direito, mas não está habilitada para exercer a função de advogada. “Ela usava o número da carteira da OAB [Ordem dos Advogados do Brasil] de quando era estagiária”. Ela foi detida minutos após participar de uma audiência.

Jovem usava carteira de estagiária para atuar como advogada, diz polícia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Jovem usava carteira de estagiária para atuar como
advogada, diz polícia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

O delegado explicou que recebeu a denúncia, foi até o Fórum e avisou ao juiz sobre a mulher que estava supostamente atuando como advogada de forma irregular. “Esperamos a audiência terminar e detivemos a mulher ainda no Fórum”, conforme Humberto Pimentel. Segundo ele, a mulher defendia um homem suspeito de receptação.

Pimentel disse que ela assinou os documentos da audiência com o número da carteira da OAB de quando era estagiária. “Ela colocou o número sem a letra ‘e’ de estagiária, para parecer que era o número dela de advogada”, afirmou.

Marilda Tabosa, da Comissão de Fiscalização do Exercício Legal da Profissão da OAB seccional Caruaru, informou que a carteira da mulher estava vencida desde o ano de 2013. A jovem deve responder a processo administrativo pela OAB, conforme Marilda Tabosa.

A mulher foi levada para a Delegacia de Polícia Civil de Bezerros, onde foi autuada em flagrante. A suspeita ainda será ouvida. Segundo o delegado Humberto Pimentel, ela deve responder pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, exercício ilegal da profissão e pode ficar até cinco anos presa.

Deixe um comentário

X