Pernambuco

Jogadores pernambucanos entre as vítimas de acidente com avião da Chapecoense

Os jogadores Cléber Santana, natural do município de Abreu e Lima, no Grande Recife, e Everton Kempes, de Carpina, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, estão entre as vítimas da queda do avião que levava os jogadores da Chapecoense para a cidade de Medellín, na Colômbia, onde a equipe disputaria a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional. Na tragédia, de acordo com a polícia da cidade colombiana, morreram 76 pessoas e apenas cinco foram resgatadas com vida, entre elas, três jogadores do time catarinense: o lateral esquerdo Alan Ruschel e os goleiros Danilo e Follmann.

Everton Kempes nasceu em 3 de agosto de 1982 em Carpina e jogava como atleta profissional desde 2001, onde iniciou sua carreira no Rio de Janeiro. O jogador atuou por diversos clubes do futebol brasileiro, entre eles: Chapecoense, Joinville, América-MG, Ceará, Portuguesa e Criciúma. No Campeonato Brasileiro de 2011, Everton Kempes teve destaque atuando pelo América-MG, sendo um dos artilheiros do campeonato com 13 gols. A visibilidade levou o jogador ao futebol japonês.

Cléber Santana Loureiro, mais conhecido como Cléber Santana, nasceu em Abreu e Lima, no Grande Recife, em 27 de junho de 1981. Ele foi revelado no Sport, onde jogou de 2001 e 2003. Pelo Leão, conquistou o Pernambucano de 2003. Ainda passou por grandes clubes do Brasil, como Santos, Vitória, Atlético-PR, Flamengo e São Paulo. Fora do País, teve destaque no Atlético de Madrid, da Espanha. Na Chapecoense desde 2015, era um dos grandes nomes do time. Nesta Série A, esteve em 36 jogos com cinco assistências. Ao todo, fez 96 partidas pelo clube.

O acidente

O avião que transportava a delegação da Chapecoense, para Medellín, local do primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana, sofreu um acidente em Cerro Gordo, nas cercanias da cidade de La Unión, na madrugada desta terça-feira (29). Segundo a imprensa local, a aeronave perdeu contato com a torre de controle por volta das 22h15 (1h15 horário de Brasília, 12h15 em Recife) e caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín.

As ambulâncias com os primeiros feridos chegaram ao Hospital San Juan de Dios de La Ceja por volta das 4h (horário de Recife). A causa do acidente ainda não foi esclarecida.

Nota oficial da Chapecoense

“Em função do desencontro das notícias que chegam das mais diversas fontes jornalisticas, dando conta de um acidente com a aeronave que transportava a delegação da Chapecoense, a Associação Chapecoense de Futebol, através de seu vice-presidente Ivan Tozzo, reserva-se o direito de aguardar o pronunciamento oficial da autoridade aérea colombiana, a fim de emitir qualquer nota oficial sobre o acidente. Que Deus esteja com nossos atletas, dirigentes, jornalistas e demais convidados que estão junto com a delegação.


Deixe um comentário

X