Belo Jardim

Belo Jardim ainda aguarda análise do TSE

Foto: Reprodução/Google

Além de Ipojuca, a gestão municipal segue indefinida na cidade de Belo Jardim, no Agreste. O atual prefeito, João Mendonça (PSB), obteve a maioria dos votos, mas teve a candidatura impugnada pelo TRE-PE. O socialista recorreu ao TSE e ainda aguarda julgamento. A impugnação do candidato foi solicitada pelo Ministério Público. Caso a questão não seja julgada ainda este ano, Belo Jardim é mais uma cidade que terá o presidente da Câmara Municipal como prefeito interino em 1º janeiro.

João Mendonça foi condenado por improbidade administrativa referente ao seu primeiro mandato, em 2001. O socialista foi o candidato mais votado na cidade, com 16.077 votos. Em segundo lugar, ficou Hélio dos Terrenos (PTB), com 14.015 votos, e em terceiro, Dr. Maneco (SD), que obteve 11.671 votos. O socialista acredita que o caso será julgado ainda em 2016 no TSE e informou que a Câmara Municipal não terá recesso de final de ano.

CONFIANTE

Outro ponto que Mendonça afirmou estar confiante é no histórico de sentenças conferidas pelo TSE. Segundo ele, a Corte tem decidido manter a validade de candidatos que apresentam problemas semelhantes aos seus. “O que houve foi que correu um processo à revelia de improbidade. Estou confiante nos antecedentes de processos analisados pelo TSE”, disse.

Deixe um comentário

X