Tecnologia

4 dicas para não ser espionado através da sua webcam

Mark Zuckerberg não é o único a desconfiar das Webcams. Uma pesquisa realizada pela Kaspersky mostra que 49% dos usuários não sentem segurança nas câmeras pois acreditam que elas são usadas para espionar o dono do computador.

O estudo concluiu que 39% dos entrevistados usam algum tipo de bloqueio físico para impedir a gravação; 17% recorrem ao Post-It ou ao Band-Aid e apenas 4,8% optam, como o CEO do Facebook, por uma fita adesiva.

Reprodução

A paranoia tem sentido

Especialistas da Kaspersky Lab no Brasil afirmam que este tipo de ataque – que toma o controle da webcam do PC – é comum no mundo todo. Nos últimos 12 meses, foram identificadas aqui no país mais de 3,8 mil ameaças.

Além dos Malwares, senhas fracas também podem facilitar o ataque de pessoas mal intencionadas. Há 2 anos, um site virou notícia mundial por transmitir ao vivo os vídeos de Webcams de mais de 250 países. O problema é que os usuários não mudaram a senha de fábrica do aparelho, que era uma sequência fraca (algo como 12345).

Confira 4 dicas para impedir que pessoas espiem você através de sua webcam:

1. Baixe softwares apenas da página do fabricante

Links de terceiros podem conter Malware junto com o programa que você deseja baixar

2. Nunca desative as configurações de segurança e proteção

Alguns antivírus possuem funções de bloqueio do microfone e da webcam que podem ajudar em caso de tentativas de invasão.

3. Mude a senha padrão do roteador e da webcam

Pode parecer óbvio, mas muita gente acaba esquecendo. Existem sites legítimos com o mapa de endereços IPs de dispositivos conectados. Esse recurso pode ser usado por pessoas mal intencionadas para invadir o PC ou a rede.

4. Crie senhas fortes

Não reutilize senhas. Na hora de criar uma nova palavra-chave, opte por aquelas que contenham letras, números e símbolos.

Deixe um comentário

X